Ritz Plaza Hotel - Juiz de Fora/MG

Ritz hotel

Noticias



25 de maio de 2018

Com alta do dólar, brasileiros devem optar por turismo interno

A disparada do dólar pode tornar as viagens ao exterior muito mais caras. Por isso, especialistas acreditam que consumidores devem trocar viagens para Estados Unidos e Europa pelo turismo interno ou escolher países da América do Sul.

Na última sexta-feira (18), o dólar turismo chegou a R$ 3,95, com alta de 1,02%, enquanto o dólar comercial, usado no comércio exterior, fechou o dia cotado a R$ 3,74, com um aumento de 1,04% em relação ao dia anterior. A alta acumulada da semana chegou a 3,85%. O euro fechou a sexta-feira cotado a R$ 4,40, com alta de 0,9%.

O professor de Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Fábio Gallo acredita que haverá uma mudança efetiva no patamar do dólar. "O rally do dólar começou pesado. No primeiro momento, o dólar sobe bastante e depois se acomoda em um patamar mais baixo do que está hoje, mas deve ficar em algo perto de R$ 3,50. Não volta ao que era antes. Isso afeta de imediato a área de turismo, porque está muito caro", disse.

O diretor-executivo da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav Nacional), Gervásio Tanabe, acredita que os brasileiros que planejaram a viagem com meses ou anos de antecedência devem seguir com os planos de viajar. "Nesse caso, há sim uma preocupação de quanto vai gastar em função da alta dólar porque não é só passagem e hotel. Tem o consumo, as compras. Então, ele pensa em economizar um pouco mais", disse.

Mas, na avaliação de Tanabe, se a ideia era viajar no próximo período de férias, em julho, pode haver mudança de destino. "Os destinos brasileiros têm muito a ganhar com essa alta do dólar", disse.

De acordo com dados do Banco Central (BC), os gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 4,932 bilhões no primeiro trimestre deste ano, com crescimento de 10,2% em relação ao mesmo período do ano passado (US$ 4,474 bilhões). Esse foi o maior resultado para o primeiro trimestre desde 2015, quando foram registrados US$ 5,232 bilhões. No final de março, a cotação do dólar estava mais baixa do que a atual, em R$ 3,44.

Com a alta do dólar, Gallo acredita que os gastos no exterior não devem seguir nesse ritmo. "Isso [a alta do dólar] sem dúvida afeta o cenário das empresas de turismo", disse o professor.

Tanabe, entretanto, disse que a projeção de crescimento do turismo, neste ano, no país e no exterior, se mantém entre 8% e 10%. O diretor-executivo da Abav acredita que o setor deve adotar estratégias para tentar manter o ritmo de consumo de viagens internacionais.

"As agências são muito criativas. Vão buscar mecanismos de fazer com que diminua pouco [as viagens ao exterior], facilitando o prazo de pagamentos para o consumidor, congelando o câmbio", disse. Por outro lado, avalia, os gastos de estrangeiros no Brasil devem aumentar. "O Brasil fica mais barato ainda para os estrangeiros", destacou.

 

Fonte: Exame

 

O que dizem sobre nós

  • “Estive hospedada somente por dois dias no Ritz Plaza Hotel, mas pude perceber que o atendimento é eficiente e excelente. A equipe de pessoas que trabalha no hotel é agradabilíssima e muito competente.”

    Ana Luiza Mediros

  • “Ótimo atendimento! Funcionários muitos Simpáticos! .”

    Rejane zini

  • “Excelente espaço e atendimento. Recomendo! .”

    Sti Critt

  • “Hotel bem localizado, perto de tudo em Juiz de Fora. Atendimento rápido e realizado. No mais, limpo e organizado. Cafe da manha bem servido”

    André L

  • “Fiquei apenas uma noite. Fui bem atendido e gostei do café da manhã. A localização é boa. Fiquei no oitavo andar e por isso não tive problemas.”

    Fernado Martins

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações


localizacao

contato pelo telefone
(32) 3249.7300

ou Whatsapp
(32) 99172.0798
Endereço
Avenida Rio Branco, 2000 - Centro Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil