Ritz Plaza Hotel - Juiz de Fora/MG

Ritz hotel

Noticias



20 de outubro de 2017

Viajar é essencial para brasileiros com 50 anos

Muito se fala dos millennials e a importância que eles trazem ao mercado de viagens. Independentes e autodidatas, eles querem desbravar o mundo, conhecer destinos inusitados e viver uma experiência única. Trata-se do maior público consumidor, certo? Errado. Pelo menos é o que aponta uma pesquisa apresentada hoje, em São Paulo, pelo Instituto Locomotiva.

A empresa conduziu uma pesquisa com 1.650 pessoas de 70 cidades do Brasil com 50 anos ou mais. Com dados coletados entre 21 e 29 de agosto, descobriu-se que há 54 milhões de brasileiros com essa faixa etária, ou seja, um quarto da população, e movimentam R$ 1,6 trilhão por ano. O estudo está dividido em três pilares: políticas públicas, vida social e oportunidades de negócios.

Esse poder aquisitivo impacta diariamente no Turismo. No que diz respeito à vida social, 47% afirmam viajar igual ou em maior quantidade do que há dez anos. A intenção de compra também é prioridade da população com 50 anos ou mais, pois 15% pretendem investir em viagens nacionais, atrás apenas de móveis (29%). Outros itens incluem TV de plasma ou LCD e geladeira (12% cada), notebook (9%) e tablet (6%).

Em entrevista ao Portal PANROTAS, o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, explicou por que viajar pode ser considerado um fenômeno natural desses cidadãos.

"Temos uma população com dinheiro e férias. Eles têm um tempo maior para planejar viagens. Notamos que eles compram passagens com um ano de antecedência e pagam mais barato do que os demais", declarou o profissional, que também presidiu o Data Popular.

Emerson SouzaPara ele, Turismo tem um território enorme a explorar com os brasileiros acima de 50 anos
Para ele, Turismo tem um território enorme a explorar com os brasileiros acima de 50 anos
Aparentemente, as agências de viagens e operadoras brasileiras não se atentaram a essas pessoas. A pesquisa indica que conhecer o Brasil está entre os objetivos de quem tem 50 anos ou mais. E por que não ir para fora? Meirelles explica que a barreira do segundo ou terceiro idioma ainda impede o crescimento dessa demanda.

O raio-X traçado dos "50 anos ou mais" aponta que as agências de viagens são procuradas para fechar o pacote, ou seja, buscam um serviço que outras faixas etárias geralmente não têm o mesmo interesse. Quem mora no Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte quer se deslocar para o Nordeste e quem mora no Nordeste compra viagens para as demais regiões, com destaque para Gramado (RS) e Foz do Iguaçu (PR).

As vendas de internacional são baixas, mas têm na Argentina a liderança, seguida por Portugal, não coincidentemente um país de língua portuguesa. "Existe um território enorme para as agências de viagens trabalharem com a população mais velha. Resumidamente, eles consomem pacotes para famílias, segunda lua-de-mel e com guias para dar a assistência necessária", finalizou.

QUEM SÃO ELES
O estudo do instituto aborda demais temas que ajudam a montar o quebra-cabeça da população brasileira com 50 anos ou mais. Eles se sentem mais confiantes, honestos e trabalhadores do que quem tem 35 anos ou menos. Em contrapartida, se consideram menos sonhadores, originais e mais inteligentes que os millennials. Ainda, 61% dizem que a vida está melhor hoje.

Essa grande parcela da população também está mais conectada. Embora seja um número considerado baixo por Meirelles, hoje o Brasil tem 5,2 milhões de internautas acima dos 50 anos. A rede social Facebook está no topo dos acessos, com 98% da preferência. Com destaque também para o aplicativo de mensagens Whatsapp (40%).

O otimismo reflete no futuro dos brasileiros 50+. O bem-estar é encabeçado por atividades como receber amigos em casa (66%), jantar fora (26%) ou praticar algum esporte no último mês (9,1%). Além disso, apostam que o Brasil vai melhorar ainda este ano (45%) e a vida pessoal estará melhor em 2018 (66%).

PROJETO LONGERATIVIDADE
Emerson SouzaCarlos Julio, sócio do Locomotiva
Carlos Julio, sócio do Locomotiva
Tendo essa pesquisa como um dos motivadores, o Instituto Locomotiva irá lançar no próximo ano o Projeto Longeratividade.

Com o aumento significativo da expectativa de vida de brasileiro nos últimos 90 anos, passando de uma média de 36,2 anos para 75,6 anos, o trabalho terá enfoque nos maduros de hoje e de amanhã, como explicou o sócio e diretor de Estratégia, Carlos Julio.

Os pesquisadores vão ouvir mais duas mil pessoas de 16 anos para frente residentes nas cinco regiões no País. Alguns temas a serem analisados já foram adiantados, como trabalho, aposentadoria, consumo e renda. O resultado final será lançado em 13 de março de 2018 inicialmente no Teatro Renaissance, em São Paulo, com a possibilidade de alterar o local.

Fonte: Panrotas.com.br

 

O que dizem sobre nós

  • “Estive hospedada somente por dois dias no Ritz Plaza Hotel, mas pude perceber que o atendimento é eficiente e excelente. A equipe de pessoas que trabalha no hotel é agradabilíssima e muito competente.”

    Ana Luiza Mediros

  • “Ótimo atendimento! Funcionários muitos Simpáticos! .”

    Rejane zini

  • “Excelente espaço e atendimento. Recomendo! .”

    Sti Critt

  • “Hotel bem localizado, perto de tudo em Juiz de Fora. Atendimento rápido e realizado. No mais, limpo e organizado. Cafe da manha bem servido”

    André L

  • “Fiquei apenas uma noite. Fui bem atendido e gostei do café da manhã. A localização é boa. Fiquei no oitavo andar e por isso não tive problemas.”

    Fernado Martins

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Para receber as últimas notícias e atualizações


localizacao

contato pelo telefone
(32) 3249.7300

contato pelo whatsapp
Reservas: (32) 9 9976.7200 / Eventos: (32) 9 9999.4796

Endereço
Avenida Rio Branco, 2000 - Centro Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil